sábado, 24 de março de 2007

Posted by Picasa
Por entre pulos e loopings estonteantes
De um coração que abraças,
Acredito e entendo que um dia te encantes
Com as mentiras que entrelaças,
em cada retrato que rasgas.
Tens de enfrentar o infinito desfazer de um ser,
e não basta querer,
é preciso ter a coragem para esquecer,
o que amaste ter.
Durante efémeros momentos acreditaste
que somos o que sonhamos ser.
Devias deixar de lançar estes dados viciados,
que te dão sempre a mesma solução,
E voar sobre o mundo,
Derrubar todas as muralhas
e leis matemáticas,
que te prendem a uma e só uma solução.
Sê diferente e questiona tudo e todos,
E implora porquês que ninguém te pode responder.
João Marques
@expoentedaloucura
24/03/2007

1 comentários:

Maria disse...

Só te digo que estás d parabéns porque tens jeito com as palavras e que deves continuar assim. ;)

Comentei este porque esta parte "não basta querer,
é preciso ter a coragem para esquecer,
o que amaste ter." tocou-me. E sim é preciso mta coragem e mta força.

beijinhos juauzinho

adoro-te

Enviar um comentário

 

Copyright 2010 Limite quando a loucura tende para mais infinito!.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.